Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Como organizar seu PC para 2012

Ligar o computador, abrir a pasta "meus documentos" e analisar os dados que ali se encontram. Selecionar todas as fotos e arquivos inúteis que foram se acumulando fora de pastas específicas e que nada representaram a não ser por alguns instantes, mandar tudo para a lixeira;
Abrir as pastas de músicas, videos, imagens e perceber o que faz sentido guardar ou não. ouvir algumas canções, rever alguns vídeos, fotos, sentir, sorrir, chorar, deletar o que não nos traz boas memórias ou o que nada mais diz.
Deixar bastante espaço livre para o que virá. Criar uma nova pasta e nomeá-la como "Coisas maravilhosas de 2012". Se possível, transferir todos os arquivos antigos para um cd e guardá-los  no fundo do baú. Deixar tudo limpo, esperando pelas novidades de um novo período. Se houver algo precioso, guardar em um lugar especial, criar atalhos para que se possa sempre acessar e se lembrar de que aquilo é para todos os anos.
Desligar o computador e abrir a porta; colocar os pés fo…

Coisas capazes de tirar qualquer um do sério

Especialmente eu.




1- Alguém marcar algum compromisso, não comparecer e nem ao menos dar um telefonema, mandar um e-mail, mensagem off line, recado, o diabo à quatro,
2- Alguém fingir que não ouviu a pergunta, mudar de assunto, fingir que não escutou chamar;
3- Aperto de mão frouxo, parece que a pessoa está com preguiça, má vontade, nojo, frescura;
4- Gente que conversa batendo, dando tapinhas, cutucando;
5- Gente que não tem a menor intimidade e chega beijando, abraçando, falando besteiras;
6- Gente sem desconfiômetro que fica fazendo papel de papagaio de pirata, bisbilhotando o que a gente está fazendo no computador;
7- Alguém ficar me chamando, gritando o meu nome e me obrigando a gritar para responder;
8- Pessoas que sempre querem receber de graça, mas tem escorpião dentro do bolso;
9- Quando o leite ferve e suja todo o fogão, assim como ter que lavar panela de pressão;
10- Ficar sem ideia pra escrever a décima coisa irritante...

O que pode deixar uma pessoa louca?

Quando eu era criança ouvia a minha mãe e outras pessoas dizerem que estudar muito faz com que a pessoa fique louca, pirada, tantan, pinéu, maluca do Bagu. Eu, com o meu ceticismo sarcástico ria, trucava o 6  e concluía que essa ideologia só poderia mesmo vir de cabeças alienadas que já foram dominadas por idiotices do senso comum. Nada melhor que a experiência para nos mostrar o quanto podemos nós enganar quando pensamos ter certeza de alguma coisa.
O que é loucura? Eu não sou psicóloga, psiquiatra ou estudiosa do assunto, sou apenas uma blogueira observadora e pensante. Para mim, louco é aquele que se aliena, se perde em um mundo alternativo, estranho ao mundo real e palpável. Ser louco é não ter convenções, é não seguir regras externas, é ser livre dentro se seu "eu". O que poderia nos levar à este estado de loucura? Cheguei à conclusão de que muias coisas são capazes e de que alguns já  nascem pré-dispostos a viverem neste mundo, basta um "clique".
Pessoas que fo…

Versos Íntimos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável! Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera. Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja. Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!
Augusto dos Anjos

Universidade Federal de Outro Planeta

Universidade, local onde as mentes se abrem para as reflexões e descobertas profundas, onde se realizam estudos sobre todas as ciências, onde se valorizam as relações humanas. Inúmeros jovens se unem a fim de redescobrir e de reinventar o mundo, mas... Existe a Universidade Federal de Outro Planeta!
Este nome carinhoso, segundo alguns, foi criado por um professor que adora contar relatos curiosíssimos sobre experiências vividas na UFOP, e foi aproveitado por um aluno de história que fazia charges incríveis sobre o ICHS. Não o conheci, mas pedirei à minha amiga, Maria Cláudia, que me ilumine e traga a graça do rapaz. 
O ICHS, juntamente com o IFAC, são alguns dos lugares mais "diferentes" da universidade, disso ninguém tem dúvida, começando pelo vestuário dos alunos: 
ALUNOS DE FILOSOFIA: rapazes sempre usam uma camisinha xadrez desbotada, barba por fazer, cabelos médios e desgrenhados, calças caindo e estão sempre com o ar de distraídos;
ALUNOS DE ARTES CÊNICAS: rapazes cabeludo…

Considerações sobre o aprendizado de línguas

Aprender uma língua estrangeira é algo extremamente complicado, principalmente depois que passamos da infância.  Enquanto ainda estamos frescos, além de o cérebro e o corpo estarem mais abertos para receberem novos conhecimentos, ainda estão sendo formados os conceitos e as ligações que fazemos no processo de aquisição da linguagem, por isso se torna mais fácil aprender novas línguas. Isso não quer dizer que seja impossível aprender uma nova língua depois que saímos da puberdade; há pessoas que nascem com maior facilidade para aprender novas línguas, mas, mesmo para os "cabeça duras", esta não é uma tarefa impossível.


Quando aprendemos uma língua nova, temos que aprender, ao mesmo tempo, quatro coisas:
_ Vocabulário novo; _ Gramática nova; _ Pronúncia nova; _  Dependendo da língua, caracteres novos.

O vocabulário, obviamente, vai ser totalmente desconhecido, a não ser por algumas palavras ou sentenças que podem estra disseminadas em nossa própria língua. Como não conhecemos nem me…

Coisas estranhas e gostosas de se fazer

_  Pisar em um fandangos ou em uma pitanga;
_ Tirar plástico da capa de um livro ou caderno;
_ Apertar bolinhas de ar daqueles plásticos que servem para proteger os equipamentos;
_ Acabar de quebrar alguma coisa que está na lasca;
_ Morder qualquer coisa que não seja comestível, como ponta de escova de dentes  ou tampa de caneta;
_ Comer comida com banana e café, Danoninho com chocolate ou feijão com catchup;
_ Apertar barro até sair entre os dedos;
_ Fazer  bolinhas passando sabão na mão e fazendo aro com os dedos na hora do banho;
_ Jogar bolinhas de papel no cesto de lixo, à distância;
_ Tirar meleca seca do nariz, fazer uma bolota e jogar ao além.

Realizando sonhos

Não diga que gostaria de realizar um sonho, nunca diga que seria maravilhosos se algo acontecesse, não encare os seus sonhos como sonhos, ou estes nunca deixarão de sê-lo. Pare de sonhar e sinta os seus sonhos, não como desejos distantes, mas como acontecimentos reais que certamente virão. Não fixe em sua mente que algo é muito difícil, que o tempo é pouco, que as condições atuais nunca lhe proporcionarão o que deseja, não! Apenas caminhe olhando fixamente para o que irá conseguir, imagine o momento em que tocará os seus sonhos.
A primeira coisa a se fazer é definir o seu objetivo. Quem não possui uma meta bem definida despende energias em coisas inúteis e corre o perigo de percorrer caminhos sem volta. Saiba quais os seus sonhos, saiba qual o seu maior desejo e vá em busca dele!
Uma vez definido o seu desejo, o caminho a seguir começará a ser definido. Se realmente deseja, precisa provar, sendo persistente e forte. Não vá por atalhos mais fáceis ou se contente com caminhos que não o le…

Veer Zaara - uma das mais lindas histórias de amor

Todos os meus amigos já sabem que sou apaixonada pela Índia, então não poderia deixar de postar aqui um clipe de um dos mais lindos filmes de amor que já assisti; para os cinéfilos da nossa cultura ocidental, acostumados aos filmes Hollywoodianos com muita ação e velocidade, e para os que não estão muito familiarizados com a cultura indiana, para estes, o filme poderá parecer cansativo, lento, mas eu garanto que quem se mantiver na cadeira vai se emocionar e chorar rios  com essa linda história de amor que venceu tempo e diferenças culturais.
A seguir, a cena mais linda: Veer e Zaara se encontram após longos anos, já na velhice, depois de terem aberto mão de suas próprias vidas um pelo outro.

Se você se interessou pelo filme, pode baixar aqui. Os créditos são da Comunidades do orkut Quero cinema Indiano no Brasil. Participe também da Comunidade Filmes indianos no Brasil, já!
Beijos e enjoy!

The Green Mile - A espera de um milagre

Cena de Green Mile
Fred e Ginger _ Cheek to cheek

Conto V - Doce ilusão

Este conto foi um pedido de minha amiga Andréia, ela gostaria de ler uma história sobre uma jovem sonhadora e um amor improvável vivido pela Internet.

Era tão menina quando se casou, com a sua barriguinha guardando um anjinho  e um sorriso doce nos lábios, imaginando viver um grande amor... Aos 15 anos, Márcia acreditava em contos de fadas e príncipes encantados, e em Marcelo encontrou a imagem do cavaleiro destemido, pronto para salvá-las do dragão da solidão. Os anos correram depressa e a verdade insistiu em ir destruindo lentamente todos aqueles ideais,seu príncipe se mostrou como sempre fora: um homem comum e medíocre. Marcelo não tinha nada de especial, não era engraçado, não gostava de conversar, suas distrações se resumiam em futebol, TV e cerveja com os amigos, mas para Márcia isso era tão pequeno, tão pouco, tão desprovido de  dignidade, que ela foi perdendo totalmente o interesse em viver ao lado daquela pasmaceira. 
A filha foi crescendo e a vida não encontrou muitas variaçõe…

Protestinho

Eu fui na "onda" do Google Adsense e me inscrevi nessa tal monetização do blog e eis que todas as figuras que haviam, inclusive as minhas, foram transformadas em figuras pretas com um ponto de exclamação, até mesmo as minhas originais. Entendo que não posso monetizar com propriedade alheia, mas agora tenho que ficar editando as postagens antigas e retirando todas as figuras, resultado: O meu blog ficou pelado e seco.  Sem falar na dificuldade de editar um por um, por causa disto, os eventuais leitores não estranhem quando se depararem com este ponto de exclamação. Nem sei se quero monetizar com esse blog, e acho que quem cai aqui de para-quedas também não está a fim de clicar nestes anúncios, e o objetivo deste blog nada é além de ser um local de desague para o meu cérebro e coração. Falei.

Conto I_ As janelas do destino

É com muito prazer que venho dizer o meu primeiro conto da série "Um conto por meio conto"! Este foi a pedido de Cláudia Faria e a sua temática é sobre algo que vem acontecendo muito , aliás, sempre aconteceu desde que existe gente neste planeta, mas penso que vem sendo mais constante com o advento da internet:
"amor distante, mesmo perto, ao menos da alma; conflito amoroso, proibida e preconceituosa historia de amor "
Ele nunca imaginou que aquela noite inicialmente entediante, poderia mudar a sua vida... Muitas páginas foram visitadas na internet, sites de relacionamentos foram exaustivamente pesquisados  embora sempre que abertos mostrassem as mesmíssimas atualizações dos não diferentes amigos. Um anúncio lhe chamou a atenção e ele resolveu entrar em um novo site de bate-papo, tentar preencher o vazio que lhe destroçava o peito e a noite de sono.
Depois de tres conversas mais entediantes que a noite, resolveu que aquela seria a ultima tentativa e que depois daquela…

Conto II - Ninguém perde por notar

Essa sugestão veio do meu amigo português Zé de Oliveira:

Um conto sobre alguem que tinha um potencial enorme, e que podia fazer toda a diferença mas ninguém o levou a sério e todo o mundo perdeu com isso.
O pai estava sempre gritando com o menino, mas o tempo era curto, 12 horas no trabalho, mestrado e o escambal, como poderia sobrar tempo para ter paciência e prestar atenção ao filho? Era preciso saber mais, trabalhar mais para ter mais, para dar coisas ao filho e ensiná-lo como deveria ser um homem. Mas Julio não queria saber de gastar suas preciosas horas  em coisas tão enfadonhas como nas que o pai gastava, ele preferia inventar histórias e coisas, o que era muito mais proveitoso, divertido e dava mais sentido à uma vida pequenina.
Em uma noite igual a todas as outras, o pai chegou e em suas fuças estava escrito "Stress". Julio já estava acostumado àquelas letras e não deu importância, continuou montando a sua nave espacial de papelão e embalagens de produtos. Aquela invenç…

Conto III - Tanto amor pode matar

Este tema foi sugerido por Kelly, ela gostaria de ver um conto sobre drogas. Pra você, amiga!
É difícil saber onde erramos na educação de um filho, onde amamos de mais ou de menos, onde o sal foi mais abundante que o açúcar e por que certas escolhas foram feitas, mas o mais difícil é enfrentar aquele momento onde o nosso querido e amado bebê se transforma em uma pessoa desconhecida, em um agressor capaz de tudo para satisfazer as suas insatisfações. Tantas perguntas e acusações foram trocados entre os pais de Nataniel mas nenhuma resposta era satisfatória ou poderia resolver o grande problemas que se instalou naquele lar há alguns meses.
Nataniel sempre teve tudo o que quis, os melhores brinquedos, as melhores roupas, a melhor educação, mas Marly e Renato nunca foram fortes o bastantes para dizer o que não queriam ver, nunca foram claros com as suas regras, nem mesmo as tinham delimitadas dentro de sua casa. Só queriam dar amor incondicional ao seu único filho, tanto amor que ele se sen…

Conto IV - Os bons morrem jovens

Este tema foi sugerido por meu amigo Gustavo, o Guga. Ele queria uma história sobre um político honesto. Aqui vai! 

Quando os amiguinhos brigavam por alguma questão, Gustavo sempre tentava pesar os dois lados, ponderando, dando razão a quem achava que devia, buscava sempre a verdade justiceira, tanto que às vezes era difícil decifrar de que lado ele estava. Na verdade não estava de lado nenhum, ou melhor, estava do lado de todos, dos rejeitados e desvalidos. Aos 25 anos colocou na cabeça que queria ser vereador, iria contribuir para acabar com a sujeira que havia no governo de sua cidade, criaria leis para que houvesse maior transparência nas contas públicas, ajudaria aos mais necessitados, faria tudo o que ele sabe que se é possível fazer, mas ninguém faz.
Venceu as eleições graças aos votos das eleitoras, pois, neste mundo, aparência conta até no momento em que estamos decidindo o futuro de uma cidade. Ele não quis acreditar que este fosse o motivo de sua vitória, mas sim os ideais d…

Serei feliz

Serei feliz Quando a felicidade e a dor se forem, Quando restar mais nada, Quando adormecer.
Serei feliz Quando não mais a urgencia das dores, E ambos tornarem-se cada, Quando não mais crer.
Serei feliz Quando não existirem amores, Quando a terra for arrasada  E a última flor morrer.
Serei feliz Só quando feliz, tu fores E eu, com a alma penada, Voltarei a viver.

Motivo

Não, pelos oceanos Que a  imensidão desconhecida Desconsola e consola, Não é por causa do mar;
Não por dormires enquanto sonho, Ou por andares enquanto adormeço E dormindo acordo Sonhando ao despertar;
Não pelo seu dizer peculiar, Seu universo de palavras Paralelo ao meu, Mas se encontrando em um só lugar;
Não por teus Deuses diversos, Quando Deuses não tenho, E assim mesmo, juntos, quedamos Levantando o mesmo olhar;
Não por que vimos mundos distintos, E quando engatinhavas eu caminhava, Ou por que termino e tu começas Não por que hei de passar...
Não!
É por que dos meus sonhos, não compartilhais, Pelo que espero, não esperais, É por que te resignas, Por que não és capaz de lutar.

Ouro Preto: Campeã da bebedeira e da linguiça!

Há alguns anos atrás o Globo Repórter mostrou uma reportagem sobre os hábitos alimentares no Brasil e Ouro Preto se destacou na época pela alimentação oferecida pelas escolas municipais aos seus alunos. Muita coisa mudou desde então, mas ainda me recordo de um dado interessantíssimo que falava sobre o consumo da linguiça: Os ouropretanos são os maiores consumidores do produto, se me lembro bem, em relação a todo o Brasil! Hábito não muito saudável, pois todos sabemos do alto teor de gordura do produto. Lembrei-me também de uma pesquisa da qual fui selecionada para participar num período de dez anos ou mais, "Corações de Ouro Preto"; fiz exames de sangue pela universidade e nunca mais entraram em contato, não sei que fim levou tal pesquisa.
Outro título que recebemos recentemente foi o de possuir a universidade federal onde mais se consome alcool e tabaco. A fama de farrista de nossa cidade é conhecida de longa data, assim como inúmeros casos desagradáveis envolvendo drogas lí…

Solidão - Mal do século XXI

Nos livros de histórias aprendi sobre os males que a revolução industrial trouxe para as nossas vidas, como o fato de que a maioria das pessoas realizavam trabalhos duríssimos de até 18 horas diárias, restando tempo apenas para as refeições precárias e o sono escasso. Até mesmo as crianças levavam essa vida penosa e a existência se resumia em produzir algo para que se pudessem alimentar a si mesmos e aos seus dependentes.  Lembro-me também da "Idade das Trevas", quando as pessoas viviam de uma maneira não muito diferente, trabalhando, servindo, usando os seus corpos e deixando suas mentes aniquiladas,  relegadas ao limbo.  Penso na história que conheço, e que é tão pouco ainda para que eu possa compreender minimamente o funcionamento do cérebro humano, para que eu possa entender sobre essa busca sem fim, e vejo um círculo.Círculo feito sem compasso, às vezes com quinas, mas que sempre volta ao seu ponto original, sem que saibamos o objetivo de tudo isso, de todo esse pandemô…
Medo de ser ridículo,
Medo de parecer fraco,
Indefeso,
Desarmado.
Medo de cair do cavalo,
Medo deser marmota,
de se rasteijar,
Ser motivo de xacota.
Medo de se tornar perdedor
Medo de ser sonhador,
De errar

Amor virtual - cuidados

O mundo evoluiu, seja lá o que se possa entender por "evolução", mas a verdade é que a "modernidade" trouxe algumas consequencias comportamentais algumas delas são o isolamento e o afastamento do convívio social. Precisamos ter pressa, trabalhar, estudar e cuidar da família, o que nos deixa com pouco tempo e paciência para devotar aos relacionamentos, mas o fato é que o ser humano pode nascer só (excluindo os gêmeos), mas para ele é muito difícil viver só. Precisamos de carinho, de atenção, de nos sentirmos importantes e únicos para alguém que consideremos especial, essa foi a mágica que Deus colocou nos seres  humanos. Como suprir nossas necessidades com tão pouco tempo e disposição? Internet!
Internet é o universo dentro de uma tela! Tudo o que se imaginar, todas as informações, conhecimento, se você for um bom pesquisador, podem ser encontrados na rede. Isso é maravilhoso, mas não é o que as pessoas passam mais tempo procurando. Aqui na internet, co…