sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Justin Bieber e Miley Cyrus: total crise de identidade

O que você faria se fosse jovem, tivesse o dinheiro não pudesse gastar sozinho, milhares de pessoas caindo aos seus pés, poder escolher com quem ficar entre esses  milhares, se você fosse amado, mimado e idolatrado como um rei desde a infância? Talvez o comportamento de Justin Bieber e Miley Cyrus possam nos mostrar o que ter tudo pode causar a um ser humano.

Miley Cyrus se tornou conhecida pela série Hannah Montana,com a personagem de mesmo nome, de cuja imagem tenta se desconectar utilizando para isso um comportamento extremamente oposto ao da imagem que a personagem veiculava. Recentemente, o seu videoclipe We Can't stop gerou grande polêmica, pois ela aparecia nua em cima de uma bola de demolição e em seguida, lambendo um martelo obscenamente; Bieber, que ficou famoso após seus vídeos serem descobertos no YouTube,  também gerou enorme polêmica em sua visita ao Brasil, pichando muros pela madrugada, contratado prostitutas, quebrando hotel, saindo do show após ser atingido por uma garrafa plástica, maltratando fãs e por aí vai. O garoto também  tenta se livrar da versão inicial de si mesmo, a de menininho fofinho e afeminado, como muitos ainda costumam achar. Ele tem um apelido "carinhoso" no Brasil, Justin "Biba".

O fato é que essas duas crianças/adolescentes crescidas piraram o cabeção. Sofrem de uma crise de identidade terrível, não querem mais serem vistos como menininhos fofinhos, mas extrapolam para o outro lado, abusando de sua rebeldia infundada. O mundo ao qual pertencem não é como o nosso, eles podem tudo, tem tudo e sofrem tudo. Talvez estejam à procura de um objetivo, de um sentido para a vida que parece não ter  nada mais a oferecer. 


Ter e ser tudo desde sempre pode fazer com que sintamos como se fôssemos um "nada", e transforme todo o resto em lixo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...