domingo, 12 de abril de 2009

Copia e cola

Li este texto no Blog da Adélia, e fui obrigada a roubar. Classificado bem classificado:
PROCURA-SE UM AMOR ATIVO

Publicou nos classificados o seguinte anúncio:



PROCURA-SE UM AMOR ATIVO

"Tive na vida dois grandes amores:
O primeiro lembrava de mim todos os dias.
O segundo pensava em mim todos os segundos da sua vida.
2 amores passivos: pensar, lembrar...
BASTA!
Quero um amor ativo como Orfeu, capaz de ir ao inferno buscar sua amada, mas incapaz de negar-lhe um olhar, mesmo que esse fosse a perdição de ambos.
Mas não temam. Eu careço bem menos. Para mim basta um amor que ligue, escreva, apareça. Alguém zeloso em me lembrar do seu amor, bastaria para me petrificar apaixonada.”



Anos depois ainda passava as manhãs lendo e relendo o anúncio.
Ninguém ligou.
Ninguém escreveu.
Ninguém apareceu.
O terceiro amor nunca chegara...
Mas ela tinha certeza de que seu procurado amor, em algum lugar, também lia e relia todos os dias o anúncio, pensava nela, lembrava suas palavras e saudoso do que ainda desconhecia esperava, apenas esperava, inerte na sua passividade...

Adélia Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...