sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Esse mundo cansa


Eu não entendo nada.
Eu não entendo como um pai pode dar laxante para os filhos e postar na internet para ganhar curtidas. Cansei de ver pessoas futicando perfis de conhecidos e criticando-lhes fotos, postagens, e relacionamentos. Cansei de ver comentários maravilhosos em fotos terríveis e comentários terríveis por trás das telas. Os postadores sequer imaginam quem no universo tem acesso às imagens, mas não se importam em deixá-las públicas para que as pessoas as analisem de todas as formas. O importante é ser famoso no mundo do Facebook e Instagram, ser popular e receber mais de 500 curtidas. Isso é o significado da vida pós-moderna. Quantas coisas você curtiu hoje, e de quais você se lembra? E das curtidas de ontem e da semana passada? Talvez se lembre da foto em que sua prima estava com uma sobrancelha horrível, ou que sua cunhada estava sensualizando para enciumar o namorado. Talvez se lembre daquela foto da amante do ex da sua amiga que foi vasculhada de cima a baixo. Talvez. Literalmente, cansa a beleza. Cansa tanta exposição, tanto ego, tanta gente sem o que fazer na vida real, que se maquia para tirar 50 fotos dentro de casa, ou que fica analisando os melhores cenários de cada festa. Cansa postagens militantes, cansa mensagens religiosas, de bom dia, boa noite, boa vida. Cansa corrente supersticiosa, alimentícia e política; cansa pedido de petição. Cansa briga em grupos, videos engraçadinhos, e montagens com candidatos. Cansa imagens de gente descolada. Cansa. Cansam ainda mais esses meus textos cansativos reclamando na internet sobre o que acontece na internet. Esse nosso mundo, cansa.

Nenhum comentário: