sexta-feira, 20 de março de 2009

NADA.

Um comentário:

Adélia Carvalho disse...

NADA muitas vezes significa coisas demais. E vindo de você, nunca poderá ser algo vazio. Mudou a cara do seu blog. Pois gostei. Beijos.