domingo, 9 de dezembro de 2012

O fim do mundo


Dizem que o fim do mundo acontecerá no próximo dia 21 de dezembro, segundo o tal calendário Maia. Muitas pessoas realmente acreditam nessa história e alguns já até se prepararam fazendo estoques de itens de primeiras necessidades e construindo abrigos subterrâneos, já que ainda não tem certeza de como se dará o "acabamento do mundo". Nos últimos tempos, eu gostaria de acreditar que este mundo vai acabar, que tudo mudará, que iremos para uma nova dimensão, ou seja lá o que acontece depois do fim do mundo. As coisas não têm sido fáceis e a decepção com os seres humanos, a cada dia, se torna mais insuportável. Algumas vezes, viver é dolorido, penoso e decepcionante, algumas vezes sentimos como se nada valesse a pena, que nada ou ninguém merece o seu respeito e amor; algumas vezes, parece que o nosso mundo já se acabou há muito tempo, e que respiramos sem ao menos nos darmos conta de que existimos... Muitas vezes eu quis que o meu mundo se acabasse, mas graças à Deus, nunca foi de verdade essa minha vontade. É que há momentos em que nos tornamos  mais frágeis e deixamos de ver o que realmente ainda vale a pena neste mundo. Mas, o que vale a pena neste mundo, ou no meu mundo?

_  Deitar no sofá e ficar o fim de semana assistindo à filmes com os filhos, rindo, chorando, me emocionando;
_ Comprar algumas coisas calóricas e deliciosas e fazer uma surpresa de vez em quando;
_  Tomar um sorvete no verão, saboreando cada pedacinho,
_ Conversar com os amigos do trabalho, cantar, dar muitas risadas, mesmo estando em ambiente de trabalho;
_ Ir para festa de confraternização de fim de ano e morrer de rir com as besteiras e os vexames dos colegas, e tomara que não dos meus;
_ Fazer aulas de teatro, rolar pelo chão, me quebrar todinha e me divertir de montão com os colegas, sem falar em me emocionar com o talento deles;
_ Chorar quando meu filho faz alguma apresentação na escola, mesmo que seja a mais sem graça;
_ Ter ainda a esperança de conhecer vários lugares do Brasil e do mundo, ver gente e culturas diferentes;
_ Ficar andando descompromissada pelas ruas, apenas pensando, falando com algum desconhecido no ponto de ônibus, com o senhor Jair na porta do cinema, dando-lhes atenção;
_ Ver a alegria dos meus filhos e sobrinhos por coisas tão pequeninas, como ganhar uma bala;
_ Chegar em casa e poder deitar, sem nenhuma dívida, sossegada;
_ Ser capaz de realizar um grande sonho ganhando praticamente um salário mínimo;
_ Estar com os meus amados;
_ Arte, e por aí vai...

O que não vale mais a pena no meu mundo?

_ Deixar que as pessoas me conduzam para onde elas queiram que eu vá e não ir para onde eu deveria;
_ Acreditar cegamente que todos pensam e sentem como eu;
_ Esperar demais, mesmo sem ter nada que me diga para esperar;
_ Lágrimas perdidas por atos de quem não se importa com o meu sofrimento;
_ Melancolia;
_ Deixar pra depois;
_ Procrastinar os sonhos realizáveis;
_ Preguiça;
_ Desorganização;
_ Priorizar aquele não me prioriza, e muitas outras coisas que tenho que analisar ainda.

Espero que o mundo não se acabe no dia 21, até por que farei algo importante neste dia; espero que essa finalização fique para outra data! Mas sei que algumas coisas no meu mundo tem que acabar agora,  mesmo que rasgue o meu peito deixá-las. Uma parte do meu mundo tem que acabar, para que outra nova surja, livre, linda e em paz.

E você, que parte do seu mundo precisa acabar agora?







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...