quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Depressão

Olhar para o mundo e ficar de saco cheio,
Odiar as esperanças dos esperançosos,
A alegria dos inocentes,
O entusiasmo dos fogosos.

Não ter forças para respirar,
Não querer, e ver o tempo passar,
Andar trincando os dentes,
Deitar sem acordar.

Não desejar mais  o cappuccino,
a viagem tão sonhada,
a presença dos ausentes,
Não desejar nada.

Morrer de olhos abertos,
Não sonhar, mesmo que certo
De que nada mais se sente 
E o fim está perto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...