terça-feira, 21 de junho de 2016

Personagens de Ouro Preto - 5 - Raimundo Bichão

Há algum tempo, passeava pelas ruas um senhor negro, de corpo avantajado, roupas sujas e barba por fazer, assim como tantos outros personagens maluquetes que sobem e descem as ladeiras, sem rumo nenhum, apenas por vontade de se deslocar, na falta de ofício de gente "normal". Chamavam-no de Bichão, creio que por causa de sua aparência desleixada e trajes fedorentos. Certa vez, passou a andar com a cabeça torta, um eterno torcicolo, incurável, ninguém sabe por que, ou como. Sempre olhando para o céu, na lateral. Pensei que aquelas fuças nunca mais voltariam ao normal, mas eis que um dia, sem mais nem menos, o vejo com a cabeça direitinha por cima dos ombros! Não sei que ziguezira aconteceu, mas ele estava normalzinho, como Deus o fez. 

Bem, faz tempo que não o vejo, nem com a cabeça direita, nem com ela torta... Suponho que já tenha partido para outros planos. Fique em paz, Bichão!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...