terça-feira, 29 de março de 2016

O amor da tua vida... por enquanto.


O amor da tua vida, por enquanto...
Até que a  paciência se esgote,
Até que gostes, mas nem tanto.

O amor da tua vida, por enquanto...
Até que o tédio  nos sabote,
E cada um se divirta em seu canto.

O amor da tua vida, por enquanto...
Até que a cor do arco íris se desbote 
E o sol se cubra com seu manto.

O amor da tua vida, por enquanto...
Até que a jararaca dê seu bote
E não mais corra algum pranto.

O amor da tua vida, por enquanto...
Até que a palavra só tenha corte
E o olhar se torne bem distante.

O amor da tua vida, por enquanto...
Até que, talvez, venha a morte
E o sempre não seja delirante.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...