segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Por que não conseguimos o que desejamos?


Muitas vezes Deus não nos dá o que desejamos, seja esse Deus Alah, Jesus, Krishna, Tupã ou toda a energia cósmica. Às vezes pedimos com tanta força, imploramos chorosos, mas talvez nem nós mesmos tenhamos a certeza sobre o que queremos; talvez o nosso querer seja motivado pela impossibilidade, pelo mundo fantasioso que nos obrigamos a viver dentro desse desejo, fugindo da realidade; talvez seja agradável viver sonhando e chorando, se lamentando pela luta, delirando com a vida impossível ao invés de sair e tomar decisões de verdade. 

Quem realmente sabe o que quer e toma decisões voltadas para o seu objetivo, conquista o seu desejo. Obviamente há questões que não dependem apenas de nós mesmos, pois neste universo não estamos sós e todos também tem os seus desejos; Não podemos obrigar ninguém a nos amar, assim como não podemos desejar coisas que estão acima da realidade, como se tornar um jogador de futebol famoso depois dos 50 anos. Porém, todos aqueles que chegaram longe foram aqueles que tinham a certeza de onde queriam chegar, e agiram insistentemente naquela direção. Essas pessoas confiavam em si e na vida, estavam certas de que mereciam e que teriam o que desejavam. Essas  pessoas não ficaram paradas no meio do caminho se lamentando pelas dezenas de fatores que estavam contra, elas apenas seguiram tentando resolver cada problema em seu tempo, e resolveram, por que a vida é assim. 

Talvez eu ainda não soubesse o que eu realmente queria, e por isso eu não tenha ido a lugar algum. Ao menos agora eu sei o que eu não quero. Eu não quero ser coadjuvante dentro da minha própria vida, eu mereço ser a estrela, com todos os dramas e alegrias. Eu não preciso de alguém para me escorar, não preciso de alguém para me dizer quem eu sou, eu sou e estou viva. Eu estou viva e não quero desperdiçar mais os meus minutos com nada que me faça mal, ou pessoas que me desvalorizem. Eu quero me sentir milionária quando sentir a brisa na minha pele e quando poder deitar na minha cama e dormir o sono dos inocentes. Nunca fiz mal a ninguém,e nunca farei, e se magoei, foi por imaturidade e sem o desejo disto. Quero apenas ser livre e ser guiada pelo universo, não quero desejar ser amada, serei quando merecer e o outro me merecer. Até lá, vou vivendo e aprendendo, definindo os meus desejos verdadeiros, genuínos.

Os meus desejos passados, verdadeiros ou não, os guardarei na lembrança, que sirvam de lição. Não podemos desejar algo que não depende apenas de nós mesmos, algo que não estamos certos de sua verdade. 

Aos que eu aprisionei pelos meus desejos, que se libertem! Que estes construam seus novos desejos, que dessa vez sejam verdadeiros e não apenas uma fraca vontade de viver uma aventura ilusória. Que encontrem o seu caminho, que vivam o que realmente quiseram desde o início. Que se libertem e me libertem para que possamos criar novos desejos e caminhar por nossos novos caminhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...