quarta-feira, 11 de setembro de 2013

O mundo das mulheres




Um mundo onde meninas de oito anos são vendidas por seus pais e se casam com homens de quarenta, vindo a falecer das relações sexuais; um mundo onde a família da mulher precisa dar um dote (pagar) para a família do noivo quando se casar, um mundo onde a mulher tem que cobrir até o rosto por ser tentação para os homens; um mundo onde a beleza e a sensualidade feminina são as portas para a fama e para o sucesso, onde ainda são oferecidas cem mulheres por semana para que alguém famoso aceite o trabalho fora de seu país. Um mundo onde as mulheres são culpadas pelo fim do casamento, pela desgraça dos filhos, pelo trabalho ordinário, por seu próprio cansaço e exaustão. Um mundo onde ácidos são jogados nos rostos das mulheres e seus narizes são cortados, onde as esposas são queimadas na beira de um fogão para se colocar fim a um casamento; um mundo onde as mulheres são mantidas escravas, se prostituindo para enriquecer os seus cafetões, onde mulheres são iludidas com doces palavras de amor vindas dos que se aproveitam de sua fragilidade para tirar vantagens e a alma destas mulheres. Um mundo onde a mulher não pode ter opinião e pode morrer apedrejada na rua se conversar com algum homem que não pertença à sua família. Um mundo onde a mulher aceita esse papel putrefato e o lugar perto do chiqueiro onde a colocaram. Este é o mundo onde vivo, e tudo isso é o que não mais suporto ver.

Violência contra a mulher pelo mundo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...