segunda-feira, 22 de abril de 2013

Pode acontecer uma terceira guerra mundial?

Do que são feitas as guerras e por que elas acontecem?

Algumas pessoas pertencentes à mesma cultura e mesmo local, possuidoras das mesmas práticas e crenças, unem-se e formam uma nação. Esta nação se defende dos diferentes e de interferências externas para que possam continuar vivendo em equilíbrio dentro do sistema de valores que criaram e que dividem ao longo dos séculos. Aparentemente, não há nada de errado nisso, até que os governantes decidam que tudo o que eles acreditam é melhor ou a única verdade, sem levar em consideração o modo de viver e de ser de outros povos, ou  pior, afirmarem que são os escolhidos pelo seu Deus e que possuem o direito de interferir, destruir, aniquilar qualquer um que seja diferente e não pertença ou se adeque ao seu grupo conceitual. Assim começam as guerras.


Muitas histórias sobre conquistas de outros povos através da violência e da destruição fazem parte de nossas vidas e sentimos que são acontecimentos normais ou naturais. Talvez sejam acontecimentos naturais, uma vez que o homem carrega dentro de si o desejo de superioridade e poder, mas não deve ser considerado normal  se levarmos em conta os direitos humanos. 


A história sobre a grandiosidade do Império Romano, as conquistas portuguesas, as lutas pelas fronteiras que sempre existiram em todas as nações, as Cruzadas, são exemplos de dominação e de interferência de nações subjugando outras, utilizando-se de razões etnocêntricas, ideológicas, religiosas, econômicas ou de outra ordem qualquer. Sentem-se no direito de invadirem comunidades já estabelecidas, mesmo que primitivamente, e tomarem posse de suas terras, seus pertences, e de seus habitantes. Chamaram a isso de conquistas, de evolução e chamaram os invasores assassinos de heróis. Chamaram os africanos de animais, desalmados, chamaram os indígenas de selvagens, assim como chamam as pessoas do "terceiro mundo" de estorvo.

No mundo contemporâneo, os motivos e as artimanhas utilizadas para manipular as massas tem o grande apoio das mídias, que veiculam as versões que favorecem este ou aquele lado, abençoando um e condenando outro. A população, alienada dentro de seu próprio casulo, engole toda a massa mastigada que vomitam em suas TVs e jornais, sem questionar as notícias, os motivos, os interesses por trás de tudo. 

Hitler conseguiu convencer a Alemanha de que os Judeus eram como ratos, nocivos e de uma raça inferior, e com isso conseguiu também o aval de toda a população para que exterminasse mais de seis milhões de judeus. Ele tinha o poder da oratória e da mídia ao seu lado.
 Propaganda anti-semita

O preconceito é o pai de todo o ódio na humanidade. O conceito de nação, ou melhor, o patriotismo exarcebado, não contribui em nada para o desenvolvimento da sociedade, mas leva com que os seus habitantes tenham reações exageradas e se disponham a matar pelos seus governantes, que na verdade, estão preocupados apenas com a perpetuação do poder e da riqueza.


Por que a ONU tinha que decidir criar o Estado de Israel só para os judeus? Essa opção separatista criou, desde o início, um conflito terrível que não se pode prever o fim. Por que não apenas ajudaram aos judeus a encontrarem uma pátria, junto com outros povos, em paz? simplesmente interferiram em uma sociedade pré-existente e decidiram que lá deveria haver uma divisão e outros povos tomariam conta de metade de tudo. Por que tiveram que dividir as Coréias entre os socialistas e os capitalistas? Vai cada um cuidar da sua casa, os outros povos não lhes pertencem! Falando na atualidade, qual a grande nação que sempre está por trás de todas as interferências? Os Estados Unidos da América.

Pois bem, um atentado aconteceu em uma maratona de Boston. O mundo todo se comoveu, as autoridades prometeram encontrar os culpados a todo o custo, e eis que, rapidamente, encontram dois suspeitos, matam um, ferem o outro e, estranhamente, este tem uma lesão na língua que o impedirá de falar. Não há provas concretas, apenas acharam que eram os rapazes, ou disseram,  por que estavam com mochilas e são chechenos, muçulmanos. Na televisão já falam com certeza que eles foram os culpados pelos atentados, e destacam o tempo todo o envolvimento com a religião islâmica, como se, por serem muçulmanos, isso seja prova de que são terroristas. Talvez sejam os culpados, mas onde estão as provas? Então vejo comentários de americanos, totalmente preconceituosos, pedindo morte e expulsão de todos os imigrantes, sem questionar nenhum milímetro sobre nada além de seu umbigo gordo, recheado por hambúrgueres gordurentos. Assim como inventaram desculpas para ocuparem o Kuwait, o Afeganistão e tantos outros, não duvido nada que haja alguma estratégia sinistra por trás disto. Duvido que esse rapaz continue vivo para responder alguma coisa. Não se assustem se algum dia inventarem que os brasileiros são terroristas e que tropas americanas sejam mandadas para reorganizar o nosso país, já que o Brasil é uma nação rica em minerais e elementos naturais, o que está em falta no mundo.

 Tamerlan Tsarnaev e Dzhokhar Tsarnaev, acusados de terrorismo 
Site com supostas provas de fraude 

Não é sem motivo que a maior parte do mundo odeia os EUA. Eles interferiram, manipularam e extorquiram as nações, e continuam fazendo isso até hoje, empunhando uma bandeira de salvadores da humanidade, como podemos ver nos filmes de Hollywood. O pior é que o povo acredita! Acredita que são os melhores do mundo, que a sua cultura é a melhor e apenas eles tem a verdade. Alienados!

Esse ódio não irá diminuir ou ficar impune. Infelizmente, nenhum homem aceita ser humilhado, roubado e privado de tudo o que possui ou acredita. Guardem o que eu digo, tempos ruins estão por vir, em breve.


Um comentário:

  1. Muito bom!! Os brasileiros deviam abrir os olhos tbm...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...