segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Além da existência


Se o que pensa, sente e age se chama alma,
O meu agir, pensar e sentir vivem em glória,
Pois mesmo na agitação, encontram a calma
Do que vive, muito além da memória.

A minha existência ultrapassa as barreiras
Do tempo, da distância e da consciência;
E pelos tempos, encontra  maneiras
De contradizer dizeres e ciências.

Depois do encontro, tudo se renovou
E criou-se um novo sentido, talvez, antigo.
Duas almas caminhando pela cor
Mais bela e alegre dos coloridos.

Perfeitamente se compreendem, de maneira
Que tudo é teu e tudo é também meu.
Os desejos e as lágrimas, mesmo que queiram,
Não se separam ou se isolam de quem os verteu.

Em todas as existências, de todas as formas
A minha alma quer se encontrar na tua
Desrespeitando todas as normas,
Existindo, completamente nuas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...