domingo, 19 de agosto de 2012

O Mar me chamou



O mar era tão profundo

E ninguém me avisara...

As águas pareciam turvas,

Mas brilhavam.

Era irresistível o seu encanto

Suas águas frias,

causavam espanto!



O mar me chamou

E eu mergulhei!

Avistei peixes coloridos,

Arraias, lindos cavalos-marinhos.

As águas se aqueceram lentamente...

Ficou agradável, confortável,

Surpreendente!

eu me esqueci de onde estava,

E deixei a correnteza me levar.



Estou à deriva,

Murchei na umidade,

Sequei-me ao sol e ao sal,

Nao tenho bússola.

E não sei para onde quero navegar.

2 comentários:

  1. Que lindo...me senti dentro da água, perdida, sem rumo..Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Adorei Lu! É, alguns mares são atraentes demais e nos arrastam até nos perdermos...e é um perder perigoso, mas, na maioria da vezes irresistível! Beijos. Adélia Carvalho

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...