quinta-feira, 17 de maio de 2012

Até quando?

Até quando resistem as certezas
E até quando duram as incertezas?
Até quando a mão pode segurar
E até quando a lágrima se desprenderá?
Qual o limte da nossa dor,
E quando ela deixa de ser?
Quando é que algo vai 
E quando é que algo vem?
Até onde somos capazes de caminhar furando os pés?
Até quando o doce continua sendo doce?
Quando é que o ideal se desmorona
E como saber se "o que era doce, se acabou"?
Até quando?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...