segunda-feira, 21 de março de 2011

Até logo, primo Muller!


Um dia divertido em uma cachoeira nunca  prenunciaria a grande mudança que ocorreria na vida de algumas pessoas...

Tão jovem, estava certo de que se formaria e seria um museólogo, continuaria vivendo a sua vida, cantando as suas músicas, vivenciando as suas farras, sonhando, mas alguém não quis que fosse assim. Alguém quis que ele fosse cantar e sonhar em outro lugar ainda desconhecido por nós que continuamos aqui; alguém ordenou que ele largasse tudo, de repente, e fosse viver outras aventuras em outras terras.

A sua voz jamais será ouvida novamente, as suas risadas nunca mais ecoarão, os seus amigos nunca mais verão o brilho do seu olhar. A sua mãe não terá mais a quem acordar e chamar para almoçar, o seu pai não terá mais alguém de quem possa se orgulhar, não haverá mais natal em família, não mais cearão juntos, e nem mesmo as brigas violentas voltarão a acontecer. Nunca mais alguém terá a certeza ou a esperança de sua presença, nunca mais, nunca mais...Sua mãe nunca mais terá um filho para abraçar.

Mesmo que alguns momentos vividos juntos tenham sido tensos, tristes, decepcionantes, não haverá mais a oportunidade de se fazer algo diferente. Nada mais pode ser feito, a história começou a ser escrita, mas ninguém está lá pra continuar e redigir um final. Ele se foi. Se foi aos 24 anos e seus olhos ainda brilham em nossas mentes... Ele se foi...

Nos seus últimos dias fez loucuras, viajou para visitar familiares distantes, comprou bolo de aniversário para a mãe, deu aos mais importantes momentos felizes. Mas Alguém queria que ele fosse até lá e lhe fizesse companhia, e ele foi.

Em sua última reunião com os jovens amigos, foi homenageado com canções do grupo Legião Urbana. As vozes saíram desafinadas e fracas, chorosas, mas verdadeiras. Tristeza e beleza, lado a lado.

Vá em paz, meu primo, e que Deus, seja ele o como e o que for, esteja ao seu lado, lhe confortando e confortando os seus queridos. Cante com Renato Russo e seus outros ídolos, e aguarde até o dia em que "Ele" também nos requisite a presença, quando descobriremos, tomara, que a dor não faz sentido, por que estamos em tudo e tudo está em nós.



2 comentários:

  1. "Nós morremos enquanto Tu permaneces”.

    “A eternidade é Tua”.

    “E, na eternidade, seremos lembrados, não como pontos insignificantes deste mundo real, mas como folhas sadias que, em um certo momento, floresceram nos ramos da Árvore da Vida. Estas folhas caem da árvore, mas não caem no esquecimento, porque Tu sempre Te lembrarás delas".

    Esses seus últimos dias em que ele fez "loucuras,"boas,forao p/ com que esquecem os "jamais sera,os nunca mais..." ele ta em paz,foi no momento d diversao,como gostava...Cantara muito com Renato Russo e seus outros ídolos, e q os espiritos de luz o receba nesse canto,e q ele nos conforte.....
    força!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo seu blog
    ja estou te seguindo!
    conheça o meu blog, tem dicas de beleza lá confira!
    http://coisasdeladdy.blogspot.com
    bjs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...