segunda-feira, 5 de julho de 2010

Cantinho Sagrado


Para alguns pode parecer blasfêmia misturar símbolos de crenças diferentes, mas blasfemar é não aceitar as coisas boas de cada uma delas. Nunca fui religiosa e tenho milhões de motivos históricos para não abraçar dogmas, mas admiro muito, respeito e sei da importância que as religiões tem para o ser humano.

Religião existe para nos dar respostas, para abrandar o maremoto, para nos trazer esperança e conforto; a religião é a mãe dos que choram, o remédio para os que padecem, a força para os fracos.

Blasfêmia é o desrespeito às escolhas! Se eu não respeitar o próximo apenas por ele ter escolhido caminhos diferentes, eu também não mereço respeito!

Blasfêmia é o egoísmo! Quem só pensa em seu próprio bem, não merece viver com outras pessoas, e tampouco merecerá a sua ajuda!

Blasfêmia é a rudeza! Quem só sabe jogar sal nas feridas alheias e nunca derrama nos corações uma palavra de conforto, não tem direito ao amparo.

Por isso que entre Nossa Senhora Aparecida (ganhada), crucifixo (ganhado), anjo da guarda, Ganesh e  Papai Noel, não há hierarquia. Todos eles representam algo de muito especial para os que creem, eles carregam em sua simbologia as energias de uma multidão, por este motivo, tenho muito carinho por eles, e estao todos no mesmo lugar.

5 comentários:

  1. Ola Lu...tudo bem? espero que sim =)

    como seres humanos cognitivos e racionais não nos contentamos com a falta de respostas...as religiões vêem, na minha opinião, suportar e dar explicação ao inexplicável....tudo o que a ciência ainda nao explicou é tido como a vontade de Deus...

    além disso, a religião vem também por termo a comportamentos preversos da humanidade...e por exemplo, um tsunami, que pela comunidade cientifica é visto como um fenómeno natural, é por muitos interpretado como um aviso de um ser maior para o facto de ter de haver uma mudança, caso contrário haverão mais castigos...

    concordo plenamente com o teu ponto de vista sobre a blasfemia...e ninguém tem o direito de julgar o outro pela religião, independentemente de ser cristão, ateu, budista, judeu, etc....

    eu sou critão, e costumo ir á missa, apesar de discordar com muitas coisas da igreja...a igreja já pecou imenso, condenando e torturando quem se opunha a ela na idade média; hoje em dia apela contra o uso do preservativo, coisa que também acho impensável, e todos os escândalos de padres pedófilos são apenas exemplos de coisas que não tolero....mas apesar disso, ha dias em que sinto mesmo necessidade de interagir com um suposto ser superior, de falar para o além, de enfim.....questionar aquilo a que ninguém me responde..

    a propósito, uma vez li uma espécie de máxima dos budistas que achei fascinante...dizia assim: "Se vires o Buda na rua..." e eu parei de ler e começei a pensar: huu, deixa-me adivinhar...ãh, idolatra-o; beija-lhe as mãos...ajoelha-te....well, falhei completamente, a seguir dizia: "...mata-o. Pois o verdadeiro Buda habita dentro de ti"....adorei o raio da máxima....é diferente de tudo o que já tinha visto =D

    bem, em relação à tua imagem..admito que não entendi...não sei se é costume do teu país atribuir esses simbolos a religiões diferentes, por cá nao se vẽ muito isso...e o pai natal por cá não é visto como um simbolo religioso, muito pelo contrário, é muito criticado pelos padres pelo seu poder materialista sobre as pessoas....
    Dá para me dares uma explicação sobre os simbolos da imagem??

    cumprimentos do teu amigo José Oliveira *

    ResponderExcluir
  2. Oi, Zé, seus comentários são sempre muito bem-vindos e se se adequam muito bem aos posts. Eu não tenho religião, mas sou uma pessoa espiritual, acredito no bem, na força das boas coisas, pensamentos e ações.

    Quanto aos símbolos, O crucifixo você conhece bem, Nossa Senhora Aparecida é a padroeira do Brasil, o anjo da guarda aparece em várias religiões, Ganesh é um Deus hindu, e Papai Noel está no meio por que é um símbolo que representa o sentimento de compartilhamento, de doação, traz felicidade às crianças...Concordo também que tem o seu lado materialista, mas procuro buscar o seu melhor sentido. Ele está no meio dos outros por que tem o significado semelhante, para quem acredita, para quem tem fé, representa algo de bom e fortalece, trazendo sentimentos agradáveis...
    Espero que tenha esclarecido.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Ah, adorei a mensagem do buda, Deus, buda, ou seja lá o noe que dermos, está em nós e em tudo, não pode ser representado por alguém.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. =)...
    Obrigado pela explicação.....e sim, o Pai Natal tem a sua magia no mundo, e consegue trazer uma harmonia fantástica, tens razao...

    eu sou péssimo a decorar, mas ha frases que simplesmente ficam e nunca esqueço, e essa do Buda foi uma delas =)

    cumprimentos *

    ResponderExcluir
  5. Quer coisa mais brasileira que essa mistura boa? É uma mistura mais que abençoada.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...