quarta-feira, 8 de abril de 2009

Coisada

Papel molhado, barbante esticado,
Pão mofado, pé quebrado,
Cabelo embaraçado, café entornado,
Carro atrasado, óleo derramado...

Minuto perdido, dinheiro esquecido,
Cheiro ardido, queijo fedido,
suco aquecido, corpo moído,
Short puído, caminho sofrido...

Lua fechada, garrucha armada,
Fim de toada, roupa encharcada,
Luz apagada, mão suada,
Triste madrugada e mais nada.

Um comentário:

  1. Alimento bom esse que você a nossa sensibilidade com esses poemas. Adorei. Beijos

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...